sábado, 3 de abril de 2010

Extensão de saúde do Barreiro debaixo de críticas

Os utentes da extensão de um centro de saúde do Barreiro que funciona num prédio na avenida do Bocage contestam a falta de condições do edifício, situação que é reconhecida pelo presidente do conselho clínico local, que promete brevemente melhorias do mesmo.
A extensão de saúde funciona num edifício comum que foi adaptado e que apesar de ter elevador, causa problemas às pessoas mais idosas, ou com problemas de mobilidade.
O elevado número de utentes também é contestado.
Muitas pessoas que estavam no centro de saúde do Lavradio foram transferidas para a extensão de saúde da avenida do Bocage, o que veio a agravar o problema já existente, devido à sua falta de condições.
Na extensão de saúde da avenida do Bocage estão inscritos cerca de 32 000 utentes.

Sem comentários: