segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Michael Clarke Duncan morre aos 54 anos

Marcado pelo papel de prisioneiro em 'À espera de um milagre'.
Duncan era conhecido pelo enormeporte físico e tinha problemas cardíacos.
Morreu hoje, o ator Michael Clarke Duncan, conhecido por seu trabalho em "À espera de um milagre" (1999).
A informação é da agência Associated Press.
Duncan tinha 54 anos de idade e atuou em filmes como "Sin city - A cidade do pecado" (2005), "O planeta dos macacos" (2001) e "Armaggedon" (1998).
No dia 13 de julho, o ator sofreu uma paragem cardíaca, tendo sido reanimado pela sua noiva, Omarosa Manigault.
Na altura da paragem cardíaca Duncan pesava cerca de 150 quilos e desde então, ele estava internado.
Desde então, ele estava internado.
Ainda em julho, os médicos chegaram a registar que o seu batimento cardíaco estava muito forte.
Conhecido pelo porte físico avantajado, o portal IMDb dá conta de que ele tinha 1,96m Duncan também chegou a contracenar com Charlie Sheen como convidado especial do série "Two and a half man", na pele de um jogador de futebol americano.
Michael Clarke Duncan iniciou sua carreira em 1995, e em seus primeiros trabalhos costumava ser contratado para papéis de segurança ou de guarda-costas.
Curiosamente o seu papel de maior destaque foi o de um prisioneiro sensível e de poderes sobrenaturais, no filme "À espera de um milagre" em que contracenava com Tom Hanks.
A atuação, que colocava em contraste o estereótipo de sua figura e fragilidade do personagem, fez com que recebesse sua única nomeação ao Oscar, de melhor ator secundário.

Sem comentários: