domingo, 17 de fevereiro de 2013

É este o resultado da política ultra liberal reacionária da direita de Passos Coelho

Cáritas alerta para pobreza que afeta crianças portuguesas em resultado da austeridade. 

É um aviso da Cáritas. 
Por causa das medidas de austeridade um terço das crianças portuguesas está perto do limiar da pobreza. 
As políticas de austeridade estão a empurrar um terço das crianças portuguesas para o limiar da pobreza. 
O dado consta de um relatório da Cáritas, divulgado esta manhã.
 De acordo com o documento, os países da zona euro que estão a receber ajuda internacional, como é o caso de Portugal, estão a criar uma nova geração marcada pela má alimentação, poucas perspetivas de emprego e com a moral em níveis negativos.
 A organização católica conclui, ainda, que a fraca aposta das famílias no bem-estar, o aumento de impostos e até do preço dos combustíveis são alguns dos factores que mais têm contribuído para o crescente número de crianças que vivem em situação de pobreza. 
Perante a atual situação, a Cáritas apela aos governos que questionem o efeito das suas políticas no desenvolvimento das crianças a longo prazo. 
Para muitas o futuro é apenas sinónimo de desemprego.

Nota: Este é o resultado de sermos governados, segundo as palavras do dito cujo pelo governante europeu mais africano da europa, (como seria bom se ele emigrasse para lá com toda a sua trupe).
Estamos com ele a ficar ao nível de Àfrica se excetuarmos países como Angola. 

Fonte: TSF

Sem comentários: